Mensagem
PARA O CASAMENTO

CHAVES PARA UM CASAMENTO BEM-SUCEDIDO

Pr. Mike Murdock - Pastor Norte Americano

18) Separe um tempo para recreação. Isso é tão importante quanto qualquer outro fator em sua vida. Desfrute a vida em família, divirta-se na companhia em família. Deus criou a família, ame-a como Deus a ama.

17) Ore por maneiras específicas de satisfazer as necessidades das pessoas de sua família. Você pode ser a chave para a felicidade deles. Permita que Deus lhe dê um verdadeiro senso de compaixão por aqueles ao seu redor.

16) Mantenha a confiança. Marido e mulher não devem trair a confiança um do outro, nem deve expor sua vida particular ou a de seus filhos a outros. A confiança é um dos mais preciosos presentes que podemos oferecer ao outro. 

15) Atribua responsabilidades e exija compromisso quanto ao trabalho doméstico. Lares que têm responsabilidades claras e definidas para cada cônjuge e para cada criança são livres de confusão.

14) Trabalhe pela liberdade financeira e não pelo acúmulo de riquezas. Posses trazem pressões se não forem adquiridas dentro do cronograma de Deus.

13) Fale palavras de fé em sua casa. Não permita palavras de dúvida em seu lar. Isto não é bom, tais palavras afetarão a atmosfera de sua casa. Fale sobre as bênçãos de Deus, as coisas boas que estão acontecendo. Nunca converse sobre divórcio. Não abra caminho para o fracasso..

12) Ajude seu cônjuge a desenvolver uma boa autoimagem.

11) Minimize os problemas em seu casamento. Todo mundo os tem. Não fale com todo mundo sobre seus problemas particulares.

10) Você tem autoridade para neutralizar qualquer ataque de Satanás em sua casa. Aprenda a reconhecer os ataques satânicos em sua família e utilize a sua autoridade como um cristão nascido de novo e filho do Rei. Você pode tomar o controle das mãos de Satanás, em nome de Jesus. Este é o seu privilégio como cristão.

9) Estabeleça um tempo de oração em família. Não vou fingir que isso é fácil. Mas é possível e incrivelmente poderoso. Lembro-me de quando via meus pais lendo a Bíblia e orando. Eu pensava: "Isso deve ser importante. Deus deve mesmo falar com eles". A maioria das crianças não será rebelde se virem e ouvirem os seus pais lendo a Palavra e orando. Penso que as mulheres que veem seu marido disciplinado em sua fé estão mais aptas a respeitá-lo, como as Escrituram ensinam.

8) Use as características irritantes de seu cônjuge como um trampolim para um maior crescimento espiritual em sua vida. Permita que ele seja como a "lixa", removendo as asperezas. Paciência pode ser conquistada em sua vida. Deus está permitindo um teste em sua família. Não fuja disso. Desenvolva-se, cresça, amadureça por meio da pressão dele(a) sobre você!

7) Veja as qualidades positivas de seu cônjuge. Observe o que os outros apreciam em seu cônjuge e verbalize isso. Se outras pessoas enaltecem uma qualidade em seu cônjuge, por quer direcionar o seu foco para as coisas que lhe desagradam? Pergunte aos seus amigos que qualidades eles admiram, e valorize-as, dizendo ao seu(sua) companheiro(a) coisas do tipo: "Eu realmente valorizo o tempo que você passa no trabalho para trazer o nosso sustento"; ou: "Você é uma excelente dona de casa!" A importância do seu cônjuge pode ser encontrada dando atenção aos seus pontos fortes, e não aos seus pontos fracos.

6) Respeite a opinião dos demais membros da família e demonstre isso por meio de perguntas valiosas e de sua disponibilidade em ouvir as respostas deles. Todos almejamos respeito. Queremos sentir que aquilo que dizemos sobre um assunto realmente conta! Obviamente, não podemos seguir todos os conselhos dados, mas, às vezes, basta apenas considerá-los, o que será de enorme valor. Respeite a privacidade dos outros membros da sua família. Repeite o tempo deles.

5) Faça de sua igreja o centro de atividades da família: Faça disso o centro de sua vida. Se houver uma limitação de suas atividades, que seja o trabalho ou a escola, mas nunca a igreja . Deixe seu pastor ser um homem importante em sua vida. Caso surjam questões bíblicas, que seja natural consultar os líderes da igreja, os "mentores" da sua família.

4) Alimente em sua casa um clima de boas influências: Música cristã e um bom círculo de amigos devem ser frequentes em sua casa. Bons livros devem ser lidos regularmente pela família.

3) Reconheça que Deus valoriza o seu casamento: Se o casamento não fosse uma ferramenta poderosa para o seu sucesso em outras áreas de sua vida, Deus não o teria ordenado. Você realmente valoriza a sua vida familiar? Deus sim. Ele sabe que isso afeta os seus relacionamentos com outras pessoas (veja Gênesis 2.18).

2) Reconheça que Satanás odeia um bom casamento: Um bom casamento é uma poderosa força contra o mal. Em um bom casamento, o marido e a mulher fortalecem um ao outro para Deus. Eles ensinarão aos filhos a discernirem entre o bem e o mal.

1) Discirna as influencias indesejáveis e proteja-se contra elas: Você tem alguns amigos que tem um inquietante efeito sobre sua vida e sua casa? Uma mulher percebeu que determinadas pressões em seu casamento tornaram-se menores quando uma amiga dela saiu da cidade em férias, por isso, limitou o tempo gasto com essa pessoa (veja 1 Coríntios 15.33)

volta para PÁGINA INICIAL