BILLY GRAHAM
EVANGELISTA AMERICANO QUE PREGOU PARAMILHÕES DE PESSOAS EM TODO O MUNDO

Morre o evangelista americano Billy Graham

aos 99 anos

Reverendo foi conselheiro de presidentes dos EUA e pregou para milhões de pessoas no mundo todo.

Por G1 - 21/02/2018

O evangelista americano Billy Graham, conselheiro espiritual de diversos presidentes que pregou para milhares de pessoas no mundo todo, morreu nesta quarta-feira (21) aos 99 anos.

William Franklin Graham Jr. morreu em sua casa em Montreat, na Carolina do Norte, de acordo com Jeremy Blume, porta-voz da Associação Evangélica Billy Graham.

Graças a seu carisma, Graham conseguiu atrair as massas, que o seguiam através de seus programas de rádio e televisão. Ele propagava sua mensagem também por linhas telefônicas e satélites.

Cerca de 77 milhões de pessoas o assistiram pessoalmente e outras 215 milhões viram seus discursos pela TV ou por links via satélite, disse um porta-voz.

O reverendo se tornou capelão não oficial da Casa Branca para todos os presidentes desde Harry Truman (1945-1953), além de ter se encontrado com diversos líderes mundiais.

Segundo a associação que leva seu nome, Graham pregou em 185 dos 195 países do mundo e converteu ao Cristianismo mais de 3 milhões de pessoas.

"Não havia ninguém como ele", afirmou o presidente Donald Trump em seu Twitter depois que a morte dele foi noticiada. "Ele fará falta aos cristãos e a todas as religiões. Um homem muito especial", escreveu.

"Ele foi provavelmente o líder religioso mais importante de sua era", disse William Martin, autor de um livro sobre ele.

O ex-presidente americano George H. W. Bush também comentou a morte de Graham, a quem classificou como um amigo pessoal e mentor de vários de seus filhos, incluindo do também ex-presidente George W. Bush. "Acho que Billy tocou os corações não só dos cristãos, mas de pessoas de todas as crenças, porque ele era um homem muito bom", afirmou.

Corpo de Billy Graham receberá homenagem reservada a presidentes

Caixão ficará no Capitólio dos EUA

FACEBOOKTWITTERpor Jarbas AragãoCorpo de Billy Graham receberá homenagem reservada a presidentes

A influência do evangelista Billy Graham se estendeu muito além do meio religioso. Conselheiro de vários presidentes americanos desde Henry Truman até Barack Obama, ele receberá uma homenagem reservada a presidentes oficiais militares e políticos.

Falecido nesta quarta (21), aos 99 anos, o corpo de Graham permanecerá na rotunda do Capitólio de Washington durante dois dias, na semana que vem. Assim, todos que quiserem poderão homenageá-lo, afirmaram os legisladores.

O Capitólio é o prédio que abriga o centro legislativo do governo, formado pelo Senado e pela Câmara dos Representantes [Deputados]. O evangelista será o quarto cidadão a receber esta distinção.

O presidente da Câmara de Representantes, Paul Ryan, explicou que o corpo ficará na sede do Congresso entre 28 de fevereiro a 1º de março.

Em uma carta endereção ao filho do pastor, Franklin, Ryan e o líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, pediram: "Com a sua aprovação, faremos os preparativos para que os americanos tenham a oportunidade de homenagear o reverendo Graham antes que ele seja enterrado".

Considerado o maior evangelista do mundo moderno, durante seus 60 anos de ministério, Billy Graham pregou o evangelho pessoalmente a 210 milhões de pessoas, em 185 países. Além disso, escreveu dezenas de livros e promoveu a evangelização através de programas de rádio, TV e pela internet. Com informações das agências